O MOÇO QUE CASOU COM MULHER BRABA

Ano de estreia: 2007

Gênero: Farsa

Duração: 50 mim


Sinopse:

“O Moço que Casou com a Mulher Braba” é uma farsa medieval do século XIV que faz parte de uma coletânea de fábulas e contos escritos por Dom Juan Manuel em 1335.
Esse conto espanhol, que reflete uma filosofia de vida, uma mentalidade e uma ambientação histórica tipicamente medieval, inspirou Shakespeare a escrever A MEGERA DOMADA, imortalizando o tema.
Trata-se do casamento de um moço pobre com uma moça muito rica e da mais alta linhagem; a tal moça é a mais forte e braba coisa que existe no mundo, tão ruim de gênio que não há marido que queira ficar com ela. Essa é a história do Moço que Casou com Mulher Braba, e da arte que teve para dominá-la desde o momento em que se uniram.


Ficha Técnica

Autor: Don Juan Manuel
Direção: Renato Saudino
Produção: Telma Amaral
Assistente de produção: Sara Lyra
Produção de Campo: Rosa Rasuck
Consultor em Dramaturgia: Paulo DePaula
Concepção de maquiagem: Cleverson Guerrera
Coreografia: Cleverson Guerrera
Figurino: Renato Saudino
Confecção de figurino: Nieta Marchezi
Adereços: o Grupo
Trilha Sonora: Renato Saudino e Cleverson Guerrera
Sonoplastia: Sara Lyra
Concepção de maquiagem: Cleverson Guerrerra
Contrarregragem: Madalena Marques e Mimo Vasco
Foto: Vitor Jubini
Programação Visual: Sheila Bressan


Elenco:

Patrônio – Binho Muniz
O Moço – Joatan Luis
A Moça – Janaina Carletti
Pai do Moço – Affonso Alvarenga
Pai da Moça – Edson Vando Souza
Mãe da Moça – Mara Curtiss
Criada – Madalena Marques
Criado – Mimo Vasco
O Cachorro, o Gato e o Galo – Binho Muniz
O Cavalo – Binho Muniz E Mimo Vasco


Contemplado com o prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz/2007, Patrocínio: Petrobras, Ministério da Cultura-Funarte, Apoio: Prefeitura de Anchieta

Contemplado com o prêmio para circulação de espetáculos – Secult-ES/2008

Nosso acervo